Qual é a sua relevância na organização?4 min read

sua relevância

Olá Povo de Deus!

É sempre um prazer estar com vocês neste projeto do Homines Formatam!

Há alguns anos, em uma homenagem ao aniversário de uma empresa, a qual a Conducere© tinha relações comerciais, um padre perguntou ao CEO: 

Vocês completam 15 anos hoje. Caso não existissem, que falta vocês fariam para a sociedade?

Essa pergunta, ressoou em meu coração e mente naquele dia, e hoje, novamente fez eco. Por isso, gostaria que juntos, analisássemos a nossa importância.

Qual é a sua relevância no ambiente em que está inserido(a) todos os dias, Líder Inteligente?

Caso não estivesse presente, as pessoas seriam melhores ou piores no seu convívio e nas suas atribuições diárias?

Somos livres para escolher o caminho a trilhar

qual caminho você escolhe

Google imagens

No primeiro Salmo da Bíblia, intitulado “Os dois caminhos”, o salmista nos demonstra que somos livres para escolher a vida ou a morte. Isso quer dizer, as coisas de Deus (o bem) ou as coisas do mundo (o mal).

Essa dualidade filosófica e teológica, está presente e representada em diversos momentos na Bíblia, na história, e no nosso cotidiano.

Com tantas denúncias de corrupção em nosso meio, faz-nos pensar que apesar de a curto prazo, parecer ser melhor o caminho mais rápido, mais cedo ou mais tarde, revela-se, e pelo que temos presenciado, não é a escolha mais inteligente.

As empresas, bem como a sociedade, estão optando por regras de conduta, para não “cederem às tentações”. Já falamos sobre este assunto em outra edição do Homines Formatam, quando comentamos sobre o Compliance!

Luz e trevas: qual sua relevância e escolha?

Quando Jesus estava nos ambientes, e no Evangelho de hoje (Lc 4,31-37), não é diferente, a vida das pessoas mudava. É como quando lemos ou ouvimos a Sagrada Escritura, não saímos ilesos, pois ela sempre nos diz algo.

Além do Evangelho, Paulo, em sua Primeira Carta aos Tessalonicenses (1Ts 5,1-6.9-11), nos convida, a exemplo de Jesus, perseverarmos no caminho da luz.

transforme seu ambiente

Google imagens

A você foi dado um dom muito especial, que é a liderança. Então, qual é a sua relevância para todos os que estão no mesmo ambiente que você?

Jesus tinha autoridade no que falava. Isso quer dizer, que sua boca e suas atitudes estavam em perfeita harmonia.

Quando você, Líder Inteligente, entra na empresa, leva a luz ou as trevas? Você leva alegria para as pessoas ou medo? Por que sua equipe deve lhe respeitar?

Transforme a vida de quem se encontra com você 

Deus nos convida a expulsarmos e confrontarmos tudo o que não vem do alto. Como discípulos, batizados e optantes por seguir os passos de Jesus, temos essa missão.

Apesar de parecer difícil, não se omita, não se corrompa, denuncie! Apoie e incentive tudo o que vier para a dignidade do Ser humano e seu potencial.

Você líder tem o papel de possibilitar a transformação na vida das pessoas. Essa evolução, pode vir através do conhecimento, da aprendizagem, da inovação, ou seja, da inteligência corporativa.

Escolha ser luz por onde passares! Leve a alegria, a esperança e o entusiamo. Faça com que as pessoas que lhe encontrem repensem seus propósitos de vida.

Quando a escuridão se aproximar de você, expulse-a! Ela vem sedutora e inofensiva, mas é ardilosa e devastadora.

A santa Madre Teresa D’Ávila, com seu humor habitual, nos traz uma conversa que teve com o demônio:

Conta-se que um dia o demônio apareceu a Teresa para convencê-la a deixar a oração com este discurso:

– Ou és predestinada, ou não és: se fores predestinada, não te são necessárias nem a oração, nem a penitência, porque serás igualmente salva mesmo sem elas. Se não fores predestinada, então é tempo perdido: de nada te servem a oração e a penitência.

Teresa respondeu com inteligência ao demônio filósofo:

– Se sou predestinada, podes tentar-me quanto quiseres, eu me salvarei do mesmo jeito. Mas, se não sou predestinada, por que perdes o teu tempo comigo, se já sou tua? ” (Frei Patrício Sciadini, OCD. Teresa de Ávila: É tempo de caminhar. Loyola: SP, 2015, pg. 258).

Que tenhamos essa mesma astúcia de Teresa e que possamos sempre recusar o que é mal e levar a todos sempre a luz e a verdade.

Conducere Indica

Vamos conversar sobre inteligência corporativa, aprendizagem, conhecimento e inovação?

Conheça os Painéis Interativos da Conducere©! 

quero saber mais sobre os painéis interativos do Conducere

Créditos

Texto: Valeska S. Fontana Salvador

Imagem que aparece em destaque no Blog: Google Imagens

Compartilhe

Outros artigos relacionados à Inteligência Corporativa:

Enxergar os sinais da mudança, não a crise, Líder ... A agitação e a incerteza que operam atualmente em nosso meio, impedem o Líder Inteligente, muitas vezes, de enxergar os sinais de mudança e de inovaçã...
10 razões para promover o conhecimento em tempos d... Em tempos de crise, como os atuais, promover o conhecimento na sua empresa pode não parecer ser estratégico. Queremos lhe dar 10 razões para você muda...
Modelos mentais: redefina-os e inove seu ecossiste... A inovação é o tema do momento! Não importa o contexto organizacional, este assunto é apontado como ponto nevrálgico. Precisamos ser inovadores! Ainda...