Qual a sua missão enquanto líder, senão incentivar a criação do conhecimento?5 min read

missão enquanto líder

Olá Povo Abençoado de Deus!

Sempre um grande prazer, realmente, poder contar com a sua audiência, pois este é o motivo pelo qual criamos este espaço de reflexão focado para Líderes do Século XXI.

Hoje, vamos tratar sobre a sua missão, vocação, de líder e a responsabilidade que isso traz em, ao menos, não barrar o desenvolvimento dos talentos do seu time. Assim como, aqueles que se relacionam indiretamente com você.

Quero basear a nossa reflexão “teórica” nos seguintes textos: Carta de São Paulo aos Efésios 4,1-7.11-13 e Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 9,9-13.

Convido você a acessar estes textos, caso seja possível, diretamente da sua Bíblia, pois assim você consegue buscar diretamente da fonte.

Qual a sua missão enquanto líder?

missão enquanto líderEssa é fácil de responder, não é mesmo?

Afinal, quantos artigos e livros você já leu, quantas palestras, workshops e outros eventos já participou, que tratavam exatamente, ou quase, deste assunto.

De qualquer forma, você já analisou sua missão enquanto líder, vocação, pelo seguinte viés?

vos exorto a caminhardes de acordo com a vocação que recebestes:

Com toda a humildade e mansidão, suportai-vos uns aos outros com paciência, no amor.” (Ef 4,1s)

Você pode dizer: eu procuro seguir a minha missão enquanto líder. Sempre estou atento às metas e aos objetivos estratégicos da empresa e fazemos de tudo para sermos melhores a cada dia.

Perfeito!

O complicado mesmo é o suportai-vos uns aos outros com paciência, no amor, você não acha?

Pois aí reside uma das maiores qualidades de qualquer Líder Inteligente, ou seja, consegue estar focado nas metas e objetivos estratégicos e não descuidar das pessoas do time.

Consegue ver cada pessoa, sem deixar de ver o time de forma sistêmica. Isso é como você ter a capacidade de ver a floresta, sem perder a perspectiva de cada árvore, que, inevitavelmente, é diferente uma da outra.

Mas, o que é permitir que os talentos se desenvolvam?

Outra coisa que praticamente se transformou num clichê no mundo corporativo: você deve focar muito no desenvolvimento dos mais talentosos ou dos high potential, ou seja, aqueles jovens, ou velhos, gênios arrogantes, que se consideram superiores a todas as demais pessoas da Terra.

Com um certo grau de exagero, não é exatamente isso que você percebe no seu dia a dia?

Há, de tempos em tempos, a “unção” de determinados grupos ou perfis de pessoas que passam a ser considerados os salvadores do mundo corporativo.

Neste sentido, será seu papel reconhecer os high potential da sua equipe, tratá-los com pompa e circunstância e colocar as demais pessoas da equipe a servi-los?

Claramente, não estou defendo aqui que todos nós temos os mesmos talentos e competências desenvolvidas. Muito menos que em determinadas circunstâncias da vida da organização, alguns perfis de pessoas se sobressaem mais que os outros.

De qualquer forma, não esqueça do ditado: o mundo gira e quem está hoje “por cima”, pode não estar na mesma condição amanhã.

Por isso mesmo, creio fazer muito sentido ter sempre em mente o conselho de Paulo às Efésios e que serve muito bem para nós, Líderes Inteligentes, do século XXI:

vos exorto a caminhardes de acordo com a vocação que recebestes:

Com toda a humildade e mansidão, suportai-vos uns aos outros com paciência, no amor.” (Ef 4,1s)

Assim, a ideia é simples, você deve conseguir, minimamente, reconhecer o talento individual, sem esquecer de olhar sistemicamente e muito menos atrapalhar o desenvolvimento do time como um todo.

Gerir o conhecimento das pessoas ou incentivar a sua criação?

Esta também é uma questão bastante interessante, pois, no Brasil, reconhecemos muito mais a ideia de Gestão do Conhecimento do que Incentivo à Criação do Conhecimento.

Parece que o nosso mindset está tão programado a controlar as ações das pessoas do time, que nada natural do que gerir o seu conhecimento, já que “pagamos o seu salário” ou mesmo “pagamos a sua formação”.

Será mesmo que aquele conhecimento tácito, de difícil expressão, que pode ser traduzido mesmo que não completamente pela ideia de know-how, é fruto de uma “formação” recebida na sua organização?

Por mais que a pessoa tenha trabalhado por 30 anos na sua empresa, você tenha pago toda a sua formação acadêmica, técnica e comportamental. Mesmo assim, o conhecimento tático dela não pertence à organização e sim à pessoa.

Então quer dizer que não temos Conhecimento Organizacional e somente Pessoal?

Claro que não é este o fator.

A grande sacada aqui é fazer com que haja criação constante de conhecimento organizacional, que pode ser representado, graficamente, desta forma:

qual é a sua missão enquanto líder

Google imagens

Perceba que o conhecimento tem que transitar entre o tácito e o explícito e, ao mesmo tempo, entre indivíduo, grupo, organização e ambiente.

Então, qual é o seu papel?

Fazer com que este trânsito ocorra de forma natural e com o mínimo de barreiras possíveis.

Ah, nós falamos sobre isso no Talk Show Intelligent Leadership: aprendizagem, conhecimento e inovação.

Pessoal, espero que este momento breve de reflexão tenha ajudado vocês a avaliarem suas ações, pois todo grande Líder é uma grande pessoa.

Sendo assim, uma grande pessoa, sem dúvida, é aquela que incentiva o crescimento do time e não o contrário.

Fiquem com Deus e até a próxima oportunidade!

Conducere Indica

Além do Talk Show, caso você queira conhecer mais sobre a criação do conhecimento e as dimensões da liderança inteligente, sugerimos as seguintes leituras:

Criação e promoção do conhecimento: reveja suas estratégias!

As cinco dimensões da Liderança Inteligente

Créditos

Texto: Jocelito André Salvador

Imagem em destaque no Blog: Freepik.com

Compartilhe

Outros artigos relacionados à Inteligência Corporativa:

Uma inovação necessariamente torna outra obsoleta?... Quando há uma inovação, subentende-se que seu "nascimento" vem para substituir alguma coisa. Contudo, essa é uma premissa para todas as circunstâncias...
A busca sábia e a insana pela perfeição do Ser Olá Pessoal! Desejo que cada um de vocês esteja em Paz! Hoje, quero refletir com vocês sobre superação, determinação, evolução constante, ...
Liderança de aparências, que parece inteligente, p... Você tem exercido uma liderança de aparências ou uma Liderança Inteligente?Olá Povo de Deus!Muito bom poder encontrar vocês neste espaço d...