Os líderes são escolhidos e preparados para sua missão3 min read

Os líderes são escolhidos

Naquele tempo:

Jesus chamou os doze discípulos e deu-lhes poder para expulsarem os espíritos maus e para curarem todo tipo de doença e enfermidade.

Estes são os nomes dos doze apóstolos: primeiro, Simão chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João; Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o cobrador de impostos; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu; Simão, o Zelota, e Judas Iscariotes, que foi o traidor de Jesus.

Jesus enviou estes Doze, com as seguintes recomendações:

‘Não deveis ir aonde moram os pagãos, nem entrar nas cidades dos samaritanos!

Ide, antes, às ovelhas perdidas da casa de Israel!

Em vosso caminho, anunciai:

‘O Reino dos Céus está próximo’.

(Evangelho de Jesus Cristo seguindo Mateus 10, 1-7)

Os líderes são escolhidos

Muitos eram os seguidores de Jesus. Alguns eram multidões (escutavam suas palavras, mas sem muito comprometimento). Outros eram discípulos (estavam próximos e em comunidade com Cristo).

Destes discípulos, os que estavam mais próximos e que buscavam converter sua vida às palavras de Jesus, doze foram os escolhidos. Por que doze, não treze, sete ou mesmo cem?

Temos que lembrar que no tempo de Jesus havia pequenas comunidades ou tribos. Destas, doze seguiam na totalidade a aliança feita por Abraão com Deus e depois reafirmada por Jacó, também chamado de Israel. Estas doze tribos eram “pertencentes” aos doze filhos de Israel e/ou Jacó. Então, conversando com os líderes destas doze tribos, estaria fazendo um novo pacto com todo o povo israelense.

Jesus escolhe doze, um de cada tribo, renovando em sua totalidade a Aliança Divina e os dá uma missão: eu dou-lhes as ferramentas, os processos e os caminhos (expulsar demônios e curar todo o tipo de enfermidade, menos nas cidades dos pagãos e samaritanos. Além disso, anunciar que o Reino estava próximo).

Como estamos cuidando da nossa missão?

Deus sempre está escolhendo pessoas e as capacitando para “curarem todo o tipo de enfermidade, expulsar demônios e anunciar o Reino”. Os líderes escolhidos para esta tarefa, recebem o dom da empatia, da coragem, da inteligência, da compaixão, e as demais joias que Vossa Majestade quiser dar, como nos diz a Santa Madre Teresa de Jesus.

Como sabemos que temos essas joias?

  • quando buscamos resolver os conflitos da equipe.
  • ao defender a importância e dignidade do ser humano
  • não deixando nos perder em discursos do mundo que denigram a importância da pessoa humana tornando-a descartável
  • quando não nos corrompemos na busca exclusiva de benefícios próprios
  • ao saber diferenciar pessoas que pedem ajuda e aquelas que querem “sugar” nossa energia para seus interesses.

Enfim, Deus nos escolhe e prepara também! Contudo, precisamos cuidar com carinho destas joias que recebemos. Veja que interessante as palavras da Santa Madre Teresa de Jesus:

Demos tirar forças para servir mais e procurar não ser ingratos; porque o Senhor nos oferece esses dons com essa condição, pois, se não usarmos bem o tesouro e o elevado estado em que nos põe, Ele voltará a tomá-los, e ficaremos ainda mais pobres; e Sua Majestade dará essas jóias a quem as prezes e beneficie com elas a si e aos outros. (Santa Teresa de Jesus. Livro da Vida, C. 10, 6).

Agradeçamos sempre ao Senhor por nos escolher e peçamos coragem e sabedoria para dispor tudo o que recebemos em prol das nossas equipes e organizações.

Fiquem no amor de Deus!

Créditos

Texto: Valeska S. Fontana Salvador

Evangelho: catolicoorante.com.br

Veja outros post relacionados a Aprendizagem, Conhecimento e Inovação:

Foco nem sempre é a solução para o líder inteligen... Enquanto Jesus estava falando, um chefe aproximou-se, inclinou-se profundamente diante dele, e disse: 'Minha filha acaba de morrer. Mas vem, impõe t...
05 Dimensões da Liderança Inteligente Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.As cinco dimensões da l...
Ser líder é ter autoconhecimento Autoconhecimento é um balizador próprio das virtudes e das imperfeições do ser humano, principalmente do SER líder! Naquele tempo, disse Jesus a...