Organizações e pessoas inovadoras: seu ecossistema é assim?4 min read

Inovação é a palavra da vez! Todas as pessoas e organizações buscam serem consideradas inovadoras. Todavia, trilhar pelo caminho da inovação exige um dinamismo que nem todos estão dispostos. Então, quem de fato é inovador?

Organizações e pessoas inovadoras

Olá Povo de Deus!

Sempre é um grande prazer estar com você nas edições do Homines Formatam.

O Evangelho que nos guia é o de Jesus Cristo segundo São Lucas 21,5-11. Havendo possibilidade, leia, medite e reflita sobre esta passagem, diretamente na Bíblia.

Organizações e pessoas inovadoras: todos podemos ser!?

Quando falamos em inovação, nos referimos a fazer algo que conhecemos de um modo diferente. Isso pode ser atrelado a qualquer coisa, seja um produto ou solução, seja um comportamento ou pensamento.

O Evangelho de hoje nos traz a reflexão sobre o capítulo 21 da versão de São Lucas.

Note que, Jesus já tinha feito muitas coisas em sua vida pública. 20 capítulos já haviam sido apresentados. Então, podemos, com alguma certeza, dizer que Ele já era conhecido e seguido por muitas pessoas.

Na nossa história, perceba que havia pessoas admiradas com o Templo de Jerusalém. Jesus as indaga porque se maravilhar com essas coisas, pois outras maiores haveriam de acontecer.

Perceba que estas pessoas que contemplavam o Templo eram inovadoras para sua época. Afinal, ao chamarem Jesus de Mestre, estavam abrindo-se para algo novo. Estavam aceitando repensar os modelos mentais de sua religião instituída.

empresas inovadorasContudo, continuavam fixadas naquilo que era belo para os olhos, mas não essencial para o coração.

Quantas empresas dizem-se inovadoras, mas preferem investir em tijolos e cimento, no lugar de pessoas?

O Jocelito André Salvador comentou conosco sobre uma experiência pessoal, neste sentido, no post: Quero inovar, mas desde que seja do meu jeito! Você pensa assim?

Então, quer dizer que criar um ecossistema propício à inovação é uma tarefa árdua de concretizar?

Experiências inovadoras: como fomentar nas organizações

Você se recorda que disse acima que qualquer ato, feito de uma maneira diferente, e que gere algo melhor, é uma inovação?

Justamente por essa facilidade de sermos inovadores, é que defendemos aqui na Conducere que a inovação deve estar no DNA da organização.

Inclusive quando explicamos sobre: Ecossistemas de inovação, isso é o que desejamos para as organizações!, demonstramos alguns mitos e verdade sobre o processo de inovar.

Fato é que estamos na Era do Conhecimento, não há como negar. Já falamos várias vezes sobre este assunto, em virtude de sua importância.

Quando Jesus comenta que as pessoas não devem admirar-se com o Templo, Ele está chamando nossa atenção para focarmos no que realmente importa! Como em outra passagem Ele diz:

[…] ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça, nem o caruncho corroem e onde os ladrões não arrombam em roubam.” (Mt 6,20).

Estruturas vem e vão. Contudo, as pessoas, sua capacidade de serem inovadoras, criativas e promoverem o conhecimento, jamais perecerá.

Todavia, para que isso aconteça, é essencial que a empresa permita que experiências inovadoras acontecem. Dessa forma, tornar-se-á natural para o time inteligente fomentar e desenvolver a inovação, contínua e sustentável.

Uma das primeiras formas de possibilitar este ecossistema inovador, é criar estratégias para isso.

Neste sentido, como ponto de partida, indicamos três possibilidades para você e sua empresa:

1 – Abrir-se ao diálogo com todos, de forma organizada e voltada para os objetivos estratégicos da organização.

Para lhe ajudar nesta opção, convidamos-lhe a conhecer o Colloquium Corporativo da Conducere.

2 – Alinhar a inteligência corporativa e a inovação ao mapa da estratégia da organização.

Indicamos neste caso o Programa Innovare da Conducere.

3 – Perpertuar a inovação, a promoção e criação do conhecimento e a lifelong learning.

Caso deseje atingir esta estratégia, a implantação de um Conselho de Inteligência é uma excelente solução.

Organizações e pessoas inovadoras: contínuas e sustentáveis

Jesus nos ensinou que ao buscarmos nossa inteligência espiritual, nosso target estará direcionado para onde realmente importa.

Por mais que venham crises, o ecossistema humano, inteligente, inovador, sustentável e perene não se tornará corruptível.

A empresa inteligente e humana, está em constante evolução e inovação.

Ela zela por desenvolver seus líderes e utilizar o apoio da tecnologia para manter seus diferenciais competitivos.

Organizações que aprendem são inovadoras e sustentáveis naturalmente. Pois, elas sabem como serem disruptivas e agregar valor para o ecossistema em que estão inseridas.

Fiquemos todos no amor e na proteção da Santíssima Trindade, de Maria e José!

Créditos

Texto: Valeska S. Fontana Salvador

Imagem em destaque no Blog: Freepik.com

Compartilhe

Outros artigos relacionados à Inteligência Corporativa:

Uma inovação necessariamente torna outra obsoleta?... Quando há uma inovação, subentende-se que seu "nascimento" vem para substituir alguma coisa. Contudo, essa é uma premissa para todas as circunstâncias...
Que tal adotar um robô para ser chefe na sua empre... Muito tem se comentado das inovações tecnológicas atuais. Todavia, a grande pergunta é quais são os limites morais e éticos da sua aplicação? Seu pró...
Delegar é uma importante ação do Líder Inteligente... Olá Povo de Deus!Sempre é um prazer estar com vocês nestas edições do Homines Formatam!Hoje, a Igreja Católica comemora a festa dos Arcanj...