Liderança coerente ou politicamente correta? Qual é a sua?6 min read

Vamos refletir brevemente sobre liderança coerente, ou seja, aquela que fala algo e faz aquilo que falou. Gerando com isso um clima de confiança na equipe e nos seus pares.

Olá Pessoal! 

Muito bom estar com vocês neste momento. 

Será que a liderança conciliatória, que podemos também chamar de “politicamente correta”, é a melhor solução para as empresas? 

Para nos ajudar neste momento, sugiro que você possa dedicar ao menos 05 min. para uma pausa, um momento de meditação. 

Talk Show: aprendizagem, conhecimento e inovação

Freepik.com com alterações da Conducere

Há uma técnica milenar, utilizada por monges do Ocidente e Oriente, que está baseada na meditação a partir de uma leitura-base. Vamos nos utilizar desta técnica? 

 

Aliás, convido-lhe a conhecer os Talk Shows da Conducere, pois eles são uma adaptação ao mundo corporativo desta técnica milenar. 

A leitura que deve orientar a nossa meditação e hoje é do Evangelho segundo Lucas 11,47-54. O ideal mesmo é que você possa buscar na sua Bíblia.

Vamos refletir sobre a liderança coerente? 

Vamos começar com este questionamento. Contudo, você pode bem perguntar: mas o que isso tem a ver com a passagem de hoje? 

Além do que, o que têm a ver com exercer a liderança de forma coerente? 

Para quem não tem uma Bíblia à mão, vamos facilitar o processo é transcrever a referida passagem aqui. 

47 “Ai de vós, que edificais sepulcros para os profetas que vossos pais mataram. 

48 Vós servis assim de testemunhas das obras de vossos pais e as aprovais, porque em verdade eles os mataram, mas vós lhes edificais os sepulcros. liderança coerente

49 Por isso, também disse a sabedoria de Deus: Enviar-lhes-ei profetas e apóstolos, mas eles darão a morte a uns e perseguirão a outros. 

50 E assim se pedirá conta a esta geração do sangue de todos os profetas derramado desde a criação do mundo, 

51 desde o sangue de Abel até o sangue de Zacarias, que foi assassinado entre o altar e o templo. Sim, declaro-vos que se pedirá conta disso a esta geração! 

52 Ai de vós, doutores da lei, que tomastes a chave da ciência, e vós mesmos não entrastes e impedistes aos que vinham para entrar. 

53 Depois que Jesus saiu dali, os escribas e fariseus começaram a importuná-lo fortemente e a persegui-lo com muitas perguntas, 

54 armando-lhe desta maneira ciladas, e procurando surpreendê-lo nalguma palavra de sua boca”. 

Para iniciarmos nossa reflexão vale lembrar que, não somente nesta passagem, Cristo costuma denunciar atitudes incoerentes com o discurso realizado. 

Perceba que é exatamente o caso de hoje. Por isso, podemos relacionar as atitudes daquelas pessoas que estavam se relacionando com Cristo (escribas e fariseus) com a liderança coerente. 

Você tem exercido uma liderança coerente ou politicamente correta? 

Antes de condenarmos as atitudes dos escribas e fariseus, como claramente Cristo faz na passagem descrita hoje pelo Evangelista Lucas, vale avaliarmos as nossas próprias ações. 

Será que tudo o que defendemos em nossas reuniões, treinamentos, convenções, feiras de negócios etc. conferem com as nossas ações diárias? 

A grande questão aqui é: você, sendo líder, acaba por prejudicar não somente a sua própria imagem ao falar uma coisa e praticar outra. 

O fato é que, obviamente, você não criará um  ambiente de confiança no time. O que é essencial para que haja cooperação, aprendizagem, criação de novos conhecimentos e por consequência INOVAÇÃO. 

Caso o prejuízo fosse somente à sua imagem, não obstante seja extremamente negativo, não seria tão preocupante quanto impedir que se tenha uma equipe inovadora. 

Ok! Você pode dizer: não temos como ser 100% verdadeiros em todos os momentos. Há situações onde precisamos parecer concordar, mas na prática temos que agir de forma diferente. 

A liderança incoerente na prática!

Quando isso ocorre? 

liderança coerente

Freepik.com

Já passou pela seguinte situação? 

Você está liderando um projeto que visa alterar a forma como novos produtos são planejados, aprovados e desenvolvidos na sua empresa. 

Durante as reuniões todos líderes de equipes, envolvidos neste projeto, debatem, discutem e aprovam determinadas ações a serem implementadas. 

Contudo, o que ocorre, de fato, é que, quando estas pessoas chegam nas suas áreas, elas transmitem para o seu time uma ideia mais ou menos assim:  

_ “Na reunião decidimos fazer tal alteração nos nossos processos. Contudo, já tentamos isso antes e não deu certo. 

_ Assim, vamos fazer da seguinte forma: vocês continuam fazendo tudo como sempre fizemos. Daqui a pouco o “chefe” esquece esta ideia medíocre e tudo volta ao normal. 

_ Vamos combinar assim? Caso alguém questione vocês sobre alguma incoerência de processos, mandem falar comigo.” 

A liderança coerente, Inteligente, não pode ser politicamente correta? 

Essa é uma ótima questão para avaliarmos e refletirmos.

Veja que se a liderança coerente é também Inteligente, logo, ela pode perfeitamente ser “politicamente correta”. 

Em que sentido estamos nos referindo? 

A liderança coerente não é aquela que necessariamente vai buscar o confronto de ideias, a oposição às pessoas. 

A questão central é: a liderança coerente mantém seus princípios e direção, mesmo que isso signifique não se chegar a um consenso, uma conciliação entre as partes envolvidas. 

Porém o objetivo central é que a nossa organização, independentemente do seu porte, área de atuação ou faturamento deve focar na inovação contínua. 

Mas como fazer isso? 

Deve-se investir num tripé nada complexo, aparentemente, mas que é vital: Aprendizagem (aprender a aprender), Conhecimento (criar e promover) e Inovação (contínua e sustentável). 

Para ajudar a sua empresa a fazer isso desde já, mas focando 2018, nós criamos um talk show denominado Intelligent Leadership: Aprendizagem, Conhecimento e Inovação. Vale a pena conferir! 

Liderança coerente e inteligente, coloque-a em prática!

Para lhe ajudar ainda mais neste aspecto que lhe indicar algumas meditações que já fizemos aqui no espaço Homines Formatam. 

liderança coerente

Freepik.com

Sugiro especialmente as seguintes: 

Case de sucesso sobre a Liderança Inteligente: São Lucas 

Liderança de aparências, que parece inteligente, para “inglês” ver

Organização dialética, domínio pessoal e busca pela Verdade

Qual é o propósito da liderança existir?

Nestes posts você pode ter uma visão sobre o que pensamos sobre a Liderança Inteligente e suas consequentes atitudes e pré-requisitos, vamos assim dizer. 

Pois bem, a gente volta a conversar em breve! 

Fiquem com Deus, em Paz! 

Grande abraço.

Créditos:

Texto: Jocelito André Salvador

Imagem destacada: Google Imagens

Compartilhe:

Outros artigos relacionados à Inteligência Corporativa:

Buscar o transcendente: isso é importante para as ... Buscar o transcendente, será que isso realmente é importante para as relações entre as pessoas e à organização? Como o entendimento do transcendente, ...
Empresas humanizadas, precisamos pensar nisso hoje... Falar de empresas humanizadas, de certa forma, até parece ter virado moda, um clichê. Todavia, há que se entender: o que consideramos como empresas hu...
As pessoas não aprendem ou os métodos de aprendiza... Será que são as pessoas que não aprendem ou serão os nossos métodos de aprendizagem inadequados para educá-las?Olá Povo de Deus!Prazer, re...