Como o conhecimento e a inovação impactam você e a sua empresa5 min read

Conhecimento e a inovação impactam os profissionais e as empresas. Esta é uma das mensagens de Mariana Mazzucato ao programa Milênio da Globo News.

Análise da entrevista da Profa. Dra. em Economia e Inovação Mariana Mazzucatto, pelo CEO da Conducere, Jocelito André Salvador.

Conhecimento e a inovação - uma análise de Jocelito André Salvador

Crédito imagens: Globo News – Programa Milênio

Desejo compartilhar, hoje, uma reflexão bastante profunda e que realmente me chamou a atenção em diversos pontos e por isso mesmo minha decisão de trocar estas ideias com vocês.

Refiro-me à entrevista que tive oportunidade de acompanhar, no início deste mês de abril/16, no programa Milênio, transmitido pelo canal Globo News. Tal entrevista foi conduzida pelo jornalista Silio Boccanera com a Profa. Dra. em Economia e Inovação, a ítalo-americana Mariana Mazzucato.

Embora a ênfase maior tenha sido o relatório encomendado pelo Ministério de Ciência e Tecnologia do Brasil para avaliar o nível de inovação no Brasil, há uma série de considerações, as quais podem ser vistas na íntegra ao acessar o vídeo, cujo link segue nas referências deste artigo.

Ah, na verdade, o acesso à integra do vídeo está restrito a clientes das operadoras de TV por assinatura e por isso mesmo, quero fazer algumas considerações, as quais me pareceram extremamente relevantes para o nosso dia a dia. Vejamos:

Investimento em inovação gera avanço econômico:

Segundo a professora e economista Mariana Mazzucato, “internacionalmente sabe-se que o crescimento guiado pelo investimento e pela inovação permite que economias se recuperem e cresçam.”

Naturalmente, a imensa maioria das empresas no Brasil, hoje, está se ressentindo de um período com incertezas, falta de investimentos de diversas áreas, baixa nas vendas, etc.

De qualquer forma, é extremamente relevante a provocação da professora Mariana. Não será o momento oportuno de unirmos forças, dentro da nossa empresa, dentro das nossas entidades de classe e apostar em algo novo, que tenha o poder de nos tirar desta crise e fazer com que cresçamos de forma sustentável?

Na crise deve-se investir e não cortar investimentos:

A partir das ideias propagadas pelo economista britânico John Maynard Keynes, Mazzucato lembra que tal economista considera que em momentos de crise, há a necessidade de se gerar investimentos anticíclicos, ou seja, aumenta-se o investimento ao invés de cortá-los.

Creio que não há necessidade de maiores debates com relação a este tema, não é mesmo? Qual é o paradigma instalado em nossas organizações? Qual é a primeira medida a ser aprovada por unanimidade, ou quase, em tempos de crise, senão o corte de investimentos, em especial os que se referem às pessoas e ao seu processo de desenvolvimento?

O que faz o PIB crescer no longo prazo são investimentos em pesquisa, desenvolvimento, capital humano, treinamento e educação.

Esta é uma questão das mais relevantes da entrevista, pois Mazzucato provocou: o que faz com que o PIB (Produto Interno Bruto) possa crescer no longo prazo? A resposta está nas áreas descritas anteriormente (pesquisa, desenvolvimento, etc.).

Entretanto, o mais interessante disso tudo é que segundo ela: “… não basta dar dinheiro para estas áreas, é preciso fazê-lo estrategicamente. Por isso, a necessidade de aumentar a capacidade, a competência e a qualificação de instituições governamentais e do setor privado para pensar estrategicamente em como estimular investimentos nestas áreas e criar parcerias entre os setores público e privado, que são cruciais.”

Pois bem, aqui também não resta muito espaço para comentários extras, visto que Mazzucato foi bastante explícita e clara.

Todavia, apenas quero deixar a seguinte provocação: como você está investindo o dinheiro da sua empresa em pesquisa, desenvolvimento, treinamento e educação?

Há alguma estratégia de verdade ou segue-se o que está na moda, o que o concorrente aplicou na empresa dele, o que aquele consultor que deu uma palestra na sua empresa disse que você tinha que fazer?

Você tem algum plano estratégico para a sua educação corporativa?

“Atualmente um dos problemas da economia brasileira é que o setor privado está muito inerte.”

O intuito aqui não é, obviamente, gerar polêmica e sim reflexão, pois além desta consideração, Mazzucato ainda disparou: “Alguém disse que existe capitalismo sem capitalistas no Brasil.”

Como já disse, o intuito aqui não é polemizar, mas sugiro que possamos nos perguntar: o que nós, empresários, gestores, analistas ou no mínimo participantes da sociedade brasileira, podemos fazer de forma diferente para mudar a situação que se apresenta?

“Então precisamos de instituições que façam investimentos a longo prazo, venham eles do setor privado ou público.

Praticamente uma continuidade da questão destacada anteriormente, mas com uma visão de longo prazo, já que investir em pessoas e conhecimento e com isso em pesquisa, desenvolvimento, capital humano, treinamento e educação não geram resultados imediatos, “da noite para o dia”, e por isso a visão deve ser no mínimo de médio prazo.

De qualquer forma, investimentos nestas áreas, de forma estratégica e contínua, certamente gerarão diferenciais competitivos que se perpetuarão na vida de qualquer organização e das suas pessoas.

Quais são as condições para o Brasil competir internacionalmente.

Quase no final da entrevista, a economista Mazzucato declara:

“Se o Brasil quiser competir internacionalmente …[…] se quiser competir através da inovação e produzindo produtos e serviços de alta qualidade, que o mundo acabará comprando, precisa pensar estrategicamente em sua política industrial e de inovação e em como se tornar competitivo.”

O que lhe parece? Isso faz sentido para você e a sua empresa?

Como andam os seus investimentos em treinamento, desenvolvimento, educação de pessoas em tempos de crise?

Como estamos nos preparando para o momento em que a crise passar e inevitavelmente precisamos continuar competindo com pessoas do Brasil e fora dele?

Pense nisso e conte conosco, no que pudermos lhe ajudar!

Referências:

Globo News. Programa Milênio. Entrevista com Mariana Mazzucato. Disponível em: <http://g1.globo.com/globo-news/milenio/videos/t/milenio/v/milenio-mariana-mazzucato-destaca-a-importancia-da-inovacao-para-o-desenvolvimento/4934630/>. Acesso em: abril de 2016.

Outros artigos relacionados à Inteligência Corporativa:

Capital intelectual e as pessoas são o nosso maior... Você, como Líder, já disse isso ou ao menos já ouviu alguém dizer: o capital intelectual e as pessoas são nosso maior patrimônio, ou seja, o capital i...
Conhece-te a ti mesmo, Líder Inteligente! Conhece-te a ti mesmo! Esta frase emblemática atribuída a Sócrates continua atual. O autoconhecimento, nos leva a transcender, doando nossos dons para...
Propósito da liderança inteligente, gerações disti... Olá Líderes Inteligentes! Vamos falar hoje de propósito da liderança inteligente, valores para a sua empresa e como conciliar isso com diferen...